quarta-feira, 2 de janeiro de 2013




HOMENAGEM AO TIO NELSON
Significado de Hors concours: "hors concours" - pronuncia-se /ór concur/.  É Francês, e significa, literalmente, "fora da competição, fora do concurso". Usa-se para algo excepcional que vai ser apresentado numa exposição, numa mostra, sem estar competindo com os demais, até por ser de qualidade superior. Por exemplo: numa exposição de quadros dos alunos de uma faculdade de Artes, pode haver um pintor, já famoso, que apresente as suas obras "hors concours" - isto é, ele não está competindo, senão não teria graça. Por causa desse significado, dizemos que qualquer coisa é "hors concours" quando é o máximo, sem comparação: "a comida deste restaurante é hors concours". Como vês, coisa chique e refinada.
Tio Nelson sempre se referia a mim, quando eu era convidada para uma festa, como sendo Hors concours. Significava que eu era a primeira da lista de convidados e não podia deixar de ir. Fui sempre tratada com muito carinho por ele. Era um tio muito querido, inteligente, culto e atencioso Gostava muito de conversar comigo sobre as coisas que gostava da vida. Música era seu assunto preferido e ele adorava uma boa música ao piano.
Tive o privilégio de conviver bastante com ele, pois frequentava com frequência a casa da tia Teresa.
Meu tio deixou saudade e também o exemplo de uma pessoa maravilhosa e bondosa que dava muito importância a família e aos amigos.
Lembro que quando meus pais, com sua numerosa prole, vieram morar em Fortaleza, nos anos sessenta, precisaram deixar a casa da Rua 24 de maio e ir passar uma temporada noutro lugar. Ele, prontamente, emprestou sua casa da Rua Solon Pinheiro onde ficamos por um bom período.  Nossa família vai ficar eternamente grata pelo gentil gesto de solidariedade. Obrigada , tio Nelson, pelo carinho e atenção que sempre dispensou aos amigos e parentes. Hoje, ele se encontra ao lado de Deus e Maria Santíssima velando por todos nós.
                                          Edna Maria Furtado Arruda

5 comentários:

  1. Edna, parabéns!
    Seu texto ficou muito original

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana,obrigada pelos elogios e pela força! Beijos

      Excluir
  2. Além de original, escrito com objetividade, elegante simplicidade e gratidão. Muito bom mesmo Edna.Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Que pena que somente agora vim conhecer este dom de Escritora que você possuía Edna. Ah, menina! Tanto que eu teria gostado de comentar com você sobre seus escritos! Mas, como sempre gosto de dizer, os realmente especiais não morrem jamais.

    ResponderExcluir